3 de nov de 2010

Meu velho

Uma coisa é fato, não gosto nem um pouco de fazer retratos, não é o meu estilo. Mas confesso que gosto de usar alguma fotografia como ponto de partida para desenhar e assim foi com uma do meu pai, Candido Oliveira, usei como referência inicialmente para chegar nesse resultado.



Se algum dia eu desenhar uma história em quadrinhos com um personagem semelhante a ele, provavelmente ele seria parecido com esse desenho. 

Até a próxima,

F.